Projetos

Compartilhe

PROJETOS E PARCERIA DESENVOLVIDOS PELA PASTORAL ESCOLAR

I - FESTBOSCO

Contextualização:

O FestBosco é um projeto artístico-cultural iniciado na década de 1990 em toda a Inspetoria São João Bosco(ISBJ). No início, a proposta consistia basicamente em dois momentos: o primeiro era um evento que acontecia em cada obra das presenças salesianas da ISJB. O segundo, era um grande evento chamado de FestBosco Inspetorial, que acontecia em Cachoeira do Campo-MG, onde cada obra enviava uma de suas apresentações para representá-la, geralmente a que ganhava o festival local.

No colégio Salesiano-BH, até o ano 1999, o festival local foi Chamado FestSales. Em 2000, em razão do grande FestBosco acontecido em Niterói, por ocasião do aniversário do monumento de Maria Auxiliadora, ficou decidido que todas as obras usariam o nome FestBosco nos festivais locais.

O ideal do FestBosco era incentivar a produção textual, musical, teatral, expressão corporal e integrar educandos, educadores e sociedade. Para isso as obras deveriam disponibilizar acompanhamento e os instrumentos necessários para a realização dos eventos locais, pois a organização e execução dos festivais deveriam ser em parceria com os educandos. Com o festival Inspetorial, a promoção de uma troca de experiências entre jovens de toda a ISJB.

Em 2010, o FestBosco do Colégio Salesiano-BH, ganhou um novo formato que foi chamado de Festival de Talentos que aconteceria nos anos em que acontecesse a olimpíada esportiva escolar. Tradicionalmente, o Festbosco competia com uma apresentação em sintonia com o tema proposto. Já no Festival de Talentos os inscritos tinham um tempo para se apresentar sem a preocupação de competir.

Para o festival de talentos foi redigido um novo regulamento, que previa critérios de participação e as modalidades das apresentações, diferentemente do FestBosco, não aconteceria nos horários de aula e sim durante os recreios que poderiam ser estendidos em até 10 minutos, conforme o regulamento.

Em 2009, passou a ser realizado o FestBosquinho, para os educandos do Ensino Fundamental I, organizado pela diretoria e supervisão. Uma vez que apenas o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio participam do FestBosco.

Desde o início, o Colégio Salesiano de Belo Horizonte realiza o FestBosco, no sexto horário do Ensino Médio e todo o colégio é convidado para participar do evento. Nos últimos anos tem acontecido uma grande final à noite, com reapresentações das três melhores apresentações da semana em cada categoria/modalidade, e forma-se um novo corpo de jurados e ao final, a entrega da premiação.

 

FESTBOSCO DO COLÉGIO SALESIANO-BH

Objetivo do FestBosco:

• Possibilitar o protagonismo juvenil;

• Despertar habilidades artístico-culturais;

• Trabalha e incentivar a produção textual;

• Ajudar a superar medos, como a timidez;

• Incluir e integrar, através da arte, os educandos do Colégio Salesiano;

• Contribuir para que os educandos pratiquem ações de cuidado consigo, com o outro e aprendam formas de preservar vidas e o planeta.

Organização do FestBosco:

Conforme o regulamento geral. O FestBosco, é articulado por categorias/modalidade, mediante inscrição prévia, entregue até a data limite. Cada ficha, obrigatoriamente, deve ter uma pessoa responsável pela apresentação. Para cada ano pode ser definido um tema para a produção dos trabalhos. De acordo com as categorias abaixo:

• Artes literárias: dividida em três modalidades: modalidade 6º e 7º anos, modalidade 8º e 9º anos e a última, modalidade Ensino Médio.

• Categoria Dança: nuas modalidades: clássica (balé, sapateado…) e contemporânea.

• Categoria Música: deve ser subdividida, de acordo com as possibilidades expressas a cada ano no regulamento a ser redigido.

• Artes cênicas - ações cênico-teatrais como: teatro, stand up, mágica.

• Artes Visuais - Pintura e desenho orientados e acompanhados pelos educadores de Arte.

O FestBosco é responsabilidade de cada educador, mas deve ser pensado e incentivado especialmente pelos educadores de Educação Física, Arte, Língua Portuguesa e Pastoral, juntamente com os representantes pastorais que atuarão incentivando os colegas de sala e nos preparativos das apresentações.

 

II - FESTIVAL DE TALENTOS

A proposta do Festival de Talentos nasceu em 2008, com um pedido dos educandos, que participavam do FestBosco, para que tivesse mais tempo para a apresentação. O tema seria livre, dando mais liberdade aos números artísticos e aconteceria nos intervalos dos recreios.

Objetivos:

• Valorizar o espírito protagonista de nossos educandos e educadores;

• Valorizar o pátio, o palco da área de convivência e a familiaridade tão defendidas por Dom Bosco como espaço educativo;

• Despertar interesse cultural de nossos educandos por meio de apresentações artísticas;

• Incentivar os educandos a se expressarem por meio da dança, teatro, poesia, música e outros mecanismos artístico-culturais;

• Congregar a comunidade educativa em torno de um objetivo;

• Oferecer espaço para a cultura e valorização de talentos.

Desenvolvimento:

O Festival de Talentos é espaço de expressão artística que os educandos saibam fazer, seja criação própria ou não. O que conta é uma apresentação bem feita. Não há necessidade de uma premiação, mas todos os participantes podem ser premiados, podendo haver uma homenagem para os destaques;

Não será permitida qualquer apresentação que possua caráter preconceituoso, erótico, político-partidário, que faça apologia ao uso de drogas, entorpecentes ou incite a violência;

 

III - CAMPANHA DA SOLIDARIEDADE SALESIANA

Desde 1988, a Congregação Salesiana trabalha um tema missionário em todas as suas obras nos cinco continentes. Com ele, propõe conhecer uma das realidades missionárias salesianas ao redor do mundo.

Esse trabalho tem como ponto alto o Dia Missionário Salesiano (DMS), que no Colégio Salesiano-BH, acontece na Festa Junina da Solidariedade. Além de ser um momento pedagógico/pastoral de grande congraçamento na comunidade educativa, também destina toda a renda para uma a frente missionária salesiana indicada pela congregação e para atividades solidárias envolvendo os educandos do colégio.

Objetivos

• Estudar realidades migratórias e o que ela implica;

• Debater o problema dos refugiados;

• Entender os processos migratórios no território brasileiro.

Passos

• Divulgação do projeto aos professores;

• Elaboração de projetos nas turmas pelos professores padrinhos;

• Visitas solidárias, realizadas em instituições carentes.

 

IV - REPRESENTANTES DE TURMA

Justificativa

O projeto de liderança desenvolvido no Colégio Salesiano-BH é muito importante. Nele vemos exemplos de cidadania e militância dos educandos. O processo das eleições (eletrônicas) é marcado por propostas de trabalho e empenho para ajudar no crescimento pessoal e bom convívio das turmas.

São eleitos dois representantes por sala: representante acadêmico responsável pela parte pedagógica, auxilio aos professores, aos colegas com dificuldades de aprendizado... E o representante pastoral que atua nos eventos pastorais da escola como, celebrações, cursos, FestBosco/Festival de Talentos, entrevistas em rádios, desenvolvimento das campanhas e da organização dos espaços pastorais e Projeto de Solidariedade, com o professor padrinho.

Objetivos

• Trabalhar a liderança inata e/ou delegada a cada educando, componente do grupo;

• Proporcionar formação para o bom desenvolvimento do trabalho, que a liderança exige;

• Ser uma referência de trabalhos pastorais entre os alunos, sala de aula e coordenação pastoral e pedagógica.

• Formar as lideranças pastorais das turmas por meio de encontros com os demais representantes ou somente a equipe pastoral;

• Servir a turma com um trabalho de gratuidade e ao mesmo tempo, cumprir com o compromisso de estudante e líder;

• Atuar na turma como uma referência pastoral para ajudar na promoção de eventos, celebrações, desenvolvimento de projetos e promover campanhas como a do Projeto Solidariedade e outras. Estar bem informado e promover uma boa atuação com a turma.

Desenvolvimento:

No início de cada ano, acontece o projeto, para preparação das eleições. Os candidatos fazem campanhas, sobre ser cooperador. Esse momento é organizado pelo serviço de orientação educacional, com o a ajuda da supervisão pedagógica e pastoral escolar. Após a eleição, inicia-se o processo formativo das lideranças.

 

V – CAMPANHA DO AGASALHO E BRINQUEDO

Justificativa:

A chegada do inverno traz a preocupação em ajudar as pessoas necessitadas de agasalho.

Neste sentido, a Campanha do Agasalho e do Brinquedo realizada anualmente no colégio Salesiano e comunidade educativa, juntam-se para fazer o bem comum às creches comunitárias, lar de idosos e hospitais levando-os agasalho, brinquedos e calor humano.

Juntamente com os agasalhos também podem ser doados brinquedos e revistinhas infantis que serão destinadas à creches comunitárias próximas ao Colégio e à pediatria de hospitais. Para este último, o consumo desses material é muito grande, em razão da enfermidade de muitas crianças que se apegam a brinquedos e a revistinhas. Nesse caso, a orientação é que a criança leve para ajudar em sua recuperação.

A sabedoria popular afirma com toda certeza: “quando uma pessoa ajuda outra, o bem retorna a quem o fez”.

Objetivo:

• Mobilizar os representantes pastorais de todo o Colégio para incentivar seus colegas e seus familiares na adesão à campanha do agasalho;

• Chamar atenção para o espírito de solidariedade e desprendimento pessoal em prol de pessoas necessitadas;

• Proporcionar uma ação solidaria entre os aducandos e suas famílias;

• Realizar visitas com a participação dos educandos para entregar os donativos.