Arte e Ciência: conhecimento integrado e significativo

Compartilhe

“Ser interdisciplinar é saber que o universo é um todo [...]”; à partir deste conceito uniu-se a Arte e a Ciência. Os alunos do 7º ano B do ensino fundamental II, professor Lourdinha, após realizarem um estudo na matéria de Ciências sobre os vegetais, especialmente sobre as angiospermas (do grego aggeion,” recipiente”, e sperma,” semente” plantas completas), pintaram quadros representando frutas, flores, caules, troncos, folhas e sementes, inspirados nas técnicas e formas de representar a natureza do período do Renascimento, mediados pelo professor Israel. O resultado foi uma explosão de ideias e cores. O trabalho foi fundamentado e inspirado na pesquisa realizada pelos educandos sobre Margareth Mee, considerada a “Dama das Flores” e retratou delicadamente a flora brasileira. Sabe-se que ela nasceu e morreu na Inglaterra, mas a paixão pela Amazônia definiu o seu último desejo: suas cinzas foram jogadas no Rio Negro, localizado no estado.

Fonte: FAZENDA, Ivani Catarina Arantes (org.). Práticas Interdisciplinares na Escola. São Paulo: Cortez, 1993