Padre Wolfgang Gruen, SDB, conversa com os jovens do Colégio Salesiano de Belo Horizonte sobre Ensino Religioso e religiosidade.

Compartilhe



Padre Wolfgang Gruen, SDB, conversa com os jovens do Colégio Salesiano de Belo Horizonte sobre Ensino Religioso e religiosidade.

 

Foi no dia 12 de setembro de 2019 ao chegar à sala da 3ª série B do ensino médio, para mais uma aula de Ensino Religioso, que, pelo vidro da porta, vi mais de 30 jovens de 17 e 18 anos (muitos deles mais altos do que eu que tenho 1,78m), como que hipnotizados diante de um franzino e respeitável senhor de 92 anos, que com a voz baixinha e sorriso franco cativava a todos. Entrei e pedi licença para dar-lhe um abraço emocionado.

 

Na verdade essa história teve início algumas semanas antes, e até mesmo décadas antes. Quando vim trabalhar como educador no Colégio Salesiano de Belo Horizonte, logo fiquei sabendo que este honorável senhor morava no Colégio. Autor de livro de doutrina no qual estudei na minha juventude na Teologia do Seminário Maior São José – Mariana. Fiquei emocionado e em toda oportunidade que o encontrava colhia algumas pérolas do seu conhecimento.

 

Está na hora de apresentá-lo a você, leitor: trata-se do padre Wolfgang Gruen, SDB.

 

A coleção de Ensino Religioso do MDD (Material Didático Digital) da Editora Edebê, adotada pela Rede Salesiana de Escolas faz inúmeras citações do padre Gruen. De tanto citar os seus textos em sala de aula, tive a idéia de promover um encontro seu com os alunos para uma conversa saborosamente educativa. “´Dom Bosco’ vai ao encontro da juventude, seu maior amor”. Solicitei este encontro ao coordenador de Pastoral Janes Fioroti, e, como se passou vários dias sem ter notícias, pensei que não seria possível, até que tive a surpresa que lhes relatei.

 

Padre Gruen é Doutor ‘Honoris Causa’ pela Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), de Roma (2006), pelo importante trabalho realizado na área de Catequese, Sagrada Escritura e Ensino Religioso.

 

Nasceu em 29 de abril de 1927 em Niederfinow, Alemanha, onde fez o curso primário (1933-1935) e depois na Itália (1935-1937). Fez o curso secundário: na Itália (1937-1938), Inglaterra (1938-1940), Brasil (1940-1942). Cursou o Colegial em Lorena, SP (1944-1946).

 

Também estudou: Filosofia e Pedagogia (seminarístico): Lorena, SP, (1947-1949); Teologia: Instituto Teológico Pio XI, SP (1950-1953); Licenciatura em Letras (Português/ Inglês): Faculdade Dom Bosco (1969-1972).

 

É fluente em: Alemão, Italiano, Português, Espanhol, Inglês. Além de Francês, Latim, Hebraico e Grego.

 

Sua bibliografia é extensa. Publicou 28 livros e opúsculos, dentre eles: “O tempo que se chama hoje”. Uma introdução ao Antigo Testamento – Edições Paulinas 1977 – (Publicado também no México e na Espanha) e 19 resenhas – entre elas Bíblia Tradução Ecumênica 1994, Editora Loyola.

 

Foi professor do Instituto Santo Tomás de Aquino - ISTA, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e membro da Sociedade de Catequetas Latinoamericanas.

 

Depoimentos sobre o encontro

 

“Foi um grande aprendizado a lição sobre Ensino Religioso nas escolas com foco na religiosidade. Percebi que seu pensamento está à frente do seu tempo. Apesar da idade avançada, padre Gruen busca sempre se atualizar e expor suas ideias. Poucos minutos em sua presença abre a nossa mente para um novo modo de pensar o mundo e as relações independente de quaisquer grupos ou segmento religioso. Testemunho da fé em Deus.”

Marcos Vinícius 3ª série EM.

 

“Quanto tempo eu disponho?” Pergunta-me com um sorriso. “Todo o tempo do mundo, padre Gruen, mas pensei em um recado rápido, para motivar a espiritualidade dos jovens, respondi, e envergonhado com o material da aula nas mãos, completei…. “É que eu ainda tenho uma atividade programada para hoje rsrs.”

Qual atividade? O tempo passou tão veloz que os 44 minutos fluíram pelos nossos dedos como areia seca de praia.

Com agilidade ele pediu-me um canetão e na lousa riscou um ângulo: “A formação humana é representada por um ângulo aberto e crescente, fonte de abertura para a entrada de Valores e Atitudes. Elencamos alguns valores como primordiais enquanto convivemos com outros valores. Qual é para você jovem o “valor” da sua vida? E quais são os outros valores? Eles estão em crescimento? Estão em uso? Já pensou nisso? Você conduz as suas escolhas de acordo com o seu valor primordial?...”

“Pessoas inteligentes seduzem a minha atenção, fiquei focada e acho que a grande lição de vida que ele passou é que o conhecimento é uma estrada infinita, na qual quanto mais a gente trilha o seu caminho, mais esta estrada se prolonga. A sua opinião sobre religiosidade, traduz sabedoria e simplicidade, tudo o que precisávamos ouvir. Seu testemunho faz acreditar que a vida vale a pena e é divertida, é um grande exemplo, um grande modelo para todos nós, passaríamos horas e horas ouvindo-o sem cansar.”

Gabriela Brasil

 

E ele continua…

“Ensino Religioso é cultivar valores e promover atitudes com sinceridade despertando a espiritualidade nos alunos…

 

Papa Francisco é o Papa da mudança ele não ensina doutrinas, ensina atitudes.

 

Ensino Religioso deve ensinar religiosidade, agora a religião, as Igrejas que ensinem…

 

E com sabedoria generosa transmite o que a vida lhe ensinou através da fala de uma senhora simples com a qual conversava: BÍBLIA, É Deus que puxa conversa com a gente". E o Teólogo, Biblista, Professor Catedrático, Doctor Honoris Causa, autor de livros e artigos, resume: - “Essa foi a melhor definição de Bíblia que tive.”

 

“Ele estava no corredor procurando o prof. Amin, então eu o convidei para entrar. Quando o professor chegou, todos já estávamos encantados com a presença, a fala e a sabedoria de Padre Gruen. Uma experiência inesquecível, ainda mais sabendo que ele é referência em nossos livros didáticos.”

Nathan Vitor.

 

Fonte: Amin Feres, professor de Ensino Religioso – Colégio Salesiano Belo Horizonte.

 

Colaboração:

Fabio Junio de Souza Pereira

Gabriella Cristina Parreiras Brasil

Marcos Vinícius Andrade Rocha Amaral

Nathan Vitor da Cunha

Maria Amélia Ribeiro Fernandes – Orientadora Educacional.

Padre José Paulino de Godoy Junior, SDB