Brincar: a importância do faz de conta na infância

Compartilhe

A brincadeira de ‘faz de conta’, também conhecida como simbólica, representação de papéis ou sociodramática é a que deixa mais evidente a presença do imaginário infantil. Conforme KISHIMOTO “Ela surge com o aparecimento da representação e da linguagem, em torno 2/3 anos, quando a criança começa a alterar o significado dos objetos, dos eventos e expressar seus sonhos, fantasias e assumir papéis presentes no contexto social. Um dos momentos preferidos pelas crianças do primeiro ano B é o faz de conta realizado nas sextas-feiras, a cada 15 dias. Elas constroem personagens com tecidos. As roupas são utilizadas em diferentes espaços da instituição, na sala, na quadra... Criam roupas para posteriormente serem usadas nas mais inusitadas brincadeiras. Princesas, rainhas, reis, guardiões, soldados, bobo da corte, super heróis, detetives são alguns dos personagens incorporados pelos educadores. Os modelos são produzidos por meio de amarrações com o próprio tecido. São momentos deliciosos e de puro encantamento, que possibilitam a expressão corporal e a criatividade dos alunos!